quinta-feira, 1 de setembro de 2011

REFLETINDO A GLÓRIA DE DEUS

Textos bíblicos: Mas todos nós, com rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor. 2ª Co 3.18.

E sede cumpridores da palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos com falsos discursos. Tg 1.22.

Introdução. Cada crente é como um “espelho espiritual” refletindo a imagem e a glória de Deus, pela obediência à Sua Palavra no poder do Espírito Santo. Se nossa vida estiver santificada, limpa sem mancha pecaminosa, então, certamente refletirá a glória e a imagem santa de nosso Senhor Jesus Cristo. Caso contrário, se nossa vida estiver manchada com a sujeira do pecado, ofuscará a luz que habita em nós, consequentemente, refletirá uma imagem negativa do Senhor e do seu santo Evangelho neste mundo tenebroso.

1 – Jesus é a Luz do Mundo. A luz significa a encarnação plena da divindade e da verdade absoluta em Jesus, sendo Ele santo, amoroso (Jo 3.16), misericordioso, bondoso, longânime, humilde, verdadeiro e justo (Jo 14.6). É no Evangelho que vemos a luz de Cristo brilhando, como está escrito assim: Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens. E a luz resplandece nas trevas, e as trevas não a compreenderam. Jo 1.4-5. (...) Ali estava a luz verdadeira, que ilumina a todo o homem que vem ao mundo. Jo 1.9. (...) Falou-lhes, pois, Jesus outra vez, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida. Jo 8.12.

2 – Nós somos como um espelho espiritual. Somos como um espelho à semelhança da lua que reflete a luz do Sol. Como espelhos deveríamos refletir a imagem de Cristo através de nossas vidas... (...) Porque, se alguém é ouvinte da palavra, e não cumpridor, é semelhante ao homem que contempla ao espelho o seu rosto natural; Porque se contempla a si mesmo, e vai-se, e logo se esquece de como era”. Tg 1.23. (...) todos nós, com rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do Senhor, (...) 1ª Co 3.18a.

3 - O Novo e Vivo Caminho. Jesus se fez carne (Jo 1.14; 14.6) para ser traspassado na cruz pelos nossos pecados, e agora, o véu que impedia foi abolido, e se abriu o "novo e vivo caminho" para além do véu, no santíssimo lugar, pelo Seu sangue derramado na cruz, assim: "Tendo, pois, irmãos, ousadia para entrar no santuário, pelo sangue de Jesus, pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou, pelo véu, isto é, pela sua carne", Hb 10.19-20. (Ler: Hb 10.18-22),

4 - Com o rosto descoberto. O véu simbólico já foi tirado, pois, já foi rasgado e abolido por Cristo na cruz (Mt 27.50-53). Agora, cada crente deve ter o rosto descoberto, de forma que possa refletir como um espelho espiritual a imagem de Cristo refletindo-a no seu rosto. Na lição do Antigo Testamento, Moisés botava o véu no seu rosto porque "o Caminho estava vedado", e por isto, o povo não podia suportar a presença da glória de Deus, assim: (...) "E não somos como Moisés, que punha um véu sobre a sua face, para que os filhos de Israel não olhassem firmemente para o fim daquilo que era transitório. Mas os seus sentidos foram endurecidos; porque até hoje o mesmo véu está por levantar na lição do velho testamento, o qual foi por Cristo abolido; E até hoje, quando é lido Moisés, o véu está posto sobre o coração deles. Mas, quando se converterem ao Senhor, então o véu se tirará". 2ª Co 3.14-16.

5 – A Palavra de Deus limpa o nosso espelho espiritual para se ter o rosto descoberto. Como está escrito: (...) "Com que purificará o jovem o seu caminho? Observando-o conforme a tua palavra". Sl 119.9. (...) "Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho". Sl 119.105. “Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha; E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha”. Mt 7.24-25; . Já sabemos que a Rocha principal de esquina, o fundamento básico, é Jesus conforme está escrito em: Is 28.16; Mt 16.18; Rm 9.33; 1ª Pe 2.4-9.

6 – O espelho limpo reflete a glória de Deus. Devemos refletir a imagem de Cristo assim como o Filho de Deus - Jesus – refletia a imagem do Pai, como Ele disse a Filipe: (...) Senhor, mostra-nos o Pai, o que nos basta. Disse-lhe Jesus: Estou há tanto tempo convosco, e não me tendes conhecido, Filipe? Quem me vê a mim vê o Pai; e como dizes tu: Mostra-nos o Pai?” Jo 14.8-9.(...) "E a condenação é esta: Que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más. Porque todo aquele que faz o mal odeia a luz, e não vem para a luz, para que as suas obras não sejam reprovadas. Mas quem pratica a verdade vem para a luz, a fim de que as suas obras sejam manifestas, porque são feitas em Deus". Jo 3:19-21. O Crente deve refletir essa mesma glória como um espelho que reflete a imagem da pessoa.

7 – A glória de Deus. A glória de Cristo é tanto moral quanto espiritual, ou seja, Ele se assemelha ao Pai, sobrenaturalmente, tendo a vida em sí mesmo, assim: E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade. Jo 1:14 (...) Pois, assim como o Pai ressuscita os mortos, e os vivifica, assim também o Filho vivifica aqueles que quer. Jo 5.21; (...) Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá; e todo aquele que vive, e crê em mim, nunca morrerá. Crês tu isto? Jo 11.25-16. (...) Disse Jesus: Tirai a pedra. Marta, irmã do defunto, disse-lhe: Senhor, já cheira mal, porque é já de quatro dias. Respondeu-lhe Jesus: Não te disse que, se creres, verás a glória de Deus? Jo 11.39-40; (...) E, tendo dito isto, clamou com grande voz: Lázaro, sai para fora. E o defunto saiu, tendo as mãos e os pés ligados com faixas, e o seu rosto envolto num lenço. Disse-lhes Jesus: Desligai-o, e deixai-o ir". Jo 11:40-44)


E o defunto saiu, tendo as mãos e os pés ligados com faixas, e o seu rosto envolto num lenço. Disse-lhes Jesus: Desligai-o, e deixai-o ir.
João 11:43-44

E o defunto saiu, tendo as mãos e os pés ligados com faixas, e o seu rosto envolto num lenço. Disse-lhes Jesus: Desligai-o, e deixai-o ir.
João 11:43-44

Disse-lhe Jesus: Não te hei dito que, se creres, verás a glória de Deus?
João 11:39-40
João 11:26

E todo aquele que vive, e crê em mim, nunca morrerá. Crês tu isto? João 11:25-26 E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade”. Jo 1.14.

8 – Transformados de glória em glória. Exemplo: No original grego o termo “transformados” significa a mesma palavra traduzida como na “transfiguração” de Cristo em Mt 17.2, “E transfigurou-se diante deles; e o seu rosto resplandeceu como o sol, e as suas vestes se tornaram brancas como a luz”. (...) "Mas todos nós, com rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor". 2ª Co 3.18.

9 – Na mesma imagem de Cristo. Devemos ser transformados na mesma imagem ou glória de Cristo Jesus. O apóstolo Paulo na Epístola aos Romanos, no original grego, também escreveu transformados com a mesma palavra "transfiguração", assim: Rm 12.2, “E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus”. Assim, tornamos a nossa imagem semelhante a imagem e glória do Senhor, tal como Ele mesmo o é.

10 – Pelo Espírito do Senhor e pela Palavra . Esta transformação só pode ser realizada pelo Espírito Santo e pela Palavra de Deus assim: “Vós já estais limpos, pela palavra que vos tenho falado. Jo 15.3. (...) Para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra. Para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível”. Ef 5.26-27. Aqui está a base da nossa transformação espiritual e moral na forma de vivermos, tornando-nos seres dotados da mesma natureza de Cristo, moral e espiritualmente, pelo Espírito Santo, conforme está escrito: “Não são do mundo, como eu do mundo não sou. Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade”.Jo 17.17;(...) “Porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade”. Fp 2.13. (...) “Pelas quais ele nos tem dado grandíssimas e preciosas promessas, para que por elas fiqueis participantes da natureza divina, havendo escapado da corrupção, que pela concupiscência há no mundo”. 2ª Pe 1.4.

Conclusão. Na metáfora do espelho, o apóstolo Paulo como sendo um “espelho espiritual” do Senhor, exorta-nos a sermos imitadores de Cristo, assim como ele era, com essas palavras: “Sede também meus imitadores, irmãos, e tende cuidado, segundo o exemplo que tendes em nós, pelos que assim andam”. Fp 3.17; “Admoesto-vos, portanto, a que sejais meus imitadores”, 1ª Co 4.16; “Sede meus imitadores, como também eu de Cristo”, 1ª Co 11.1. “Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados”; Ef 5.1. Então, como estamos imitando o nosso Senhor Jesus Cristo como filhos amados? O nosso testemunho deve falar mais alto do que nossas palavras e teorias, refletindo a glória de Deus! Todavia, a plena manifestação da glória de Deus só será completa quando formos ressuscitados, transformados e glorificados na vinda gloriosa de Jesus para arrebatar a sua Igreja. (Rm 8.18-25; 1ª Ts 4.13-18; 1ª Jo 3.1-3. Amém. (Pr Djalma Pereira)


3 comentários:

Danilo disse...

Djalma, tenho um site de download do qual sobrevivo e tiro o sustento de minha casa. Tudo indica que vou me casar daqui a algum tempo. Gostaria de saber se posso usar o tráfego de seu site para me ajudar nos negócios da família.

se quiser conversar comigo meu MSN é danilo_fanelli@hotmail.com

Djalma Pereira disse...

Prezado Danilo
Obrigado por ter contactado o meu blog
A finalidade do meu blog é levar a mensagem da cruz apresentando Jesus crucificado como Salvador Suficiente.
Não tenho interesse comercial, pois, o Evangelho é de graça para todo aquele que crê em Jesus.
Com esta finalidade pode usar o meu blog expandindo a mensagem da cruz
Gostaria de ter mais esclarecimentos do seu trabalho. Pr Djalma Contato:(djalper@uol.com.br)

Blog da Monikinha disse...

Pr. Djalma, neste momento em que estou postando este comentário, estou agradecendo e louvando a Deus por sua vida. O "Refletindo a glória de Deus" era o que buscava como complemento e base para uma peça teatral que vou apresentar em minha igreja. A peça é sobre o espelho e o que vemos quando refletida a nossa imagem. Obrigada por ter sido bênção em minha vida hoje. Que Deus continue te dando sabedoria. Que seja sempre verdadeiramente servo do Senhor Jesus.

No amor de Cristo
Mônica - Montes Claros-MG