terça-feira, 6 de dezembro de 2011

NATAL É TER JESUS NO CORAÇÃO


Textos bíblicos: Lc 2.9-11; Jo 1.11-12; 17.23; Rm 8.9, 14; 1ª Jo 5.9-13.

E eis que o anjo do Senhor veio sobre eles, e a glória do Senhor os cercou de resplendor, e tiveram grande temor. E o anjo lhes disse: Não temais, porque eis aqui vos trago novas de grande alegria, que será para todo o povo: Pois, na cidade de Davi, vos nasceu hoje o Salvador, que é Cristo, o Senhor. Lucas 2:9-11.

Veio para o que era seu, e os seus não o receberam. Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus. João 1:11-13

Eu neles, e tu em mim, para que eles sejam perfeitos em unidade, e para que o mundo conheça que tu me enviaste a mim, e que os tens amado a eles como me tens amado a mim. João 17:23

(...) v11 E o testemunho é este: que Deus nos deu a vida eterna; e esta vida está em seu Filho. v12 Quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida. v13 Estas coisas vos escrevo, a vós que credes no nome do Filho de Deus, para que saibais que tendes a vida eterna”. 1ª Jo 5.11-13

Introdução - Examinando o nascimento de Jesus na manjedoura em Belém observamos que o verdadeiro sentido do Natal é ter o conhecimento do que quer dizer: “Emanuel”, isto é, Jesus está habitando conosco, como está escrito: E dará à luz um filho e chamarás o seu nome JESUS; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados.Tudo isto aconteceu para que se cumprisse o que foi dito da parte do Senhor, pelo profeta, (Is 7.14), que diz: Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, e chamá-lo-ão pelo nome de EMANUEL, que traduzido é: Deus conosco. Mateus 1:21-23. Porque, o nascimento de Jesus na manjedoura em Belém, significa que Jesus veio a este mundo pecador para nascer em cada coração arrependido que O recebe, assim:. "Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo" (Ap 3.20). No Reino de Deus ter Jesus como Salvador e Senhor no seu coração, é nascer de novo para ser filho de Deus, (Jo 1.11-12), ser genuino cristão e ter o Espírito Santo habitando no coração (Rm 8.9,14). Então, só assim pode dar testemunho de sua transformação, porque tem o Espírito Santo habitando no seu coração, (Rm 8.9), e portanto, tem poder para testemunhar do nome de nosso Senhor Jesus Cristo, com frutos dignos de arrependimento.

O verdadeiro Natal é ter Jesus no coração nas seguintes condições:

i.Ter Jesus no coração para ter a vida eterna. “Em verdade, em verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna e não entra em juízo, mas já passou da morte para a vida”.Jo 5.24; (...) v12 Quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida” (1ª Jo 5.12)

ii. Entrar pela porta no aprisco celestial. Como disse Jesus: "Eu sou a porta; se alguém entrar por mim, salvar-se-á, e entrará, e sairá, e achará pastagens" (Jo 10.9). A fé salvadora em Jesus Cristo é a porta de entrada na Graça de Deus para a salvação pela fé em Jesus Cristo como suficiente Salvador e Senhor, pela redenção dos nossos pecados pelo sangue de Jesus derramado na cruz do Calvário - Obra Perfeita Eficaz de Cristo – (1ª Co 6.19; 1ª Pe 1.18-19). Como escreveu o apóstolo Paulo, o doutor dos gentios: “v1 Justificados, pois, pela fé, tenhamos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo, v2 por quem obtivemos também nosso acesso pela fé a esta graça, na qual estamos firmes, e gloriemo-nos na esperança da glória de Deus”. Rm 5.1-2. (...) “v8 Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. v9 não vem das obras, para que ninguém se glorie. v10 Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus antes preparou para que andássemos nelas” Ef 2.8-10.

iii. Ter obras para provar a fé que tem, realmente, no coração. Como disse Tiago: “Que proveito há, meus irmãos se alguém disser que tem fé e não tiver obras? Porventura essa fé pode salvá-lo? Tg 2.14 (...) Assim também a fé, se não tiver obras, é morta em si mesma. Tg 2.17. Mas dirá alguém: Tu tens fé, e eu tenho obras; mostra-me a tua fé sem as obras, e eu te mostrarei a minha fé pelas minhas obras. Tg 2.17-18. (...) Porque, assim como o corpo sem o espírito está morto, assim também a fé sem obras é morta. Tg 2.18.

iv. Ter testemunho autêntico. Praticar a Palavra de Deus provando que é genuino cristão. Como disse Jesus no sermão da montanha: v21 Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. v22 Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas? v23 E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade.Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha; v24 E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha”. Mt 7.21-24. Assim, o cristão genuíno dará verdadeiro testemunho como luz no meio das trevas do pecado. (Êx 20.16; Mt 5.37; Jo 8.12; Ap 21.8)

Considerações finais. O verdadeiro Natal é ter Jesus reinando na “manjedoura do nosso coração”. Para isto é preciso “nascer de novo da Água (da Palavra) e do Espírito Santo”, para poder entrar no aprisco celestial. Dai a necessidade de nascer de novo como Jesus disse a Nicodemos: “(...) Jesus respondeu: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus”, (Jo 3:5), isto é, ser transformado em nova criatura, como disse o apóstolo Paulo: Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo”. (2ª Co 5:17). (...) “Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim. (Gl 2.20). (...) “E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências. Se vivemos em Espírito, andemos também em Espírito”. Gl 5:24-25.

Portanto, o verdadeiro Natal de Jesus é ter Cristo habitando e reinando em todo nosso ser – corpo, alma e espírito – que quer dizer “EMANUEL, Deus conosco”, (Mt 1,23), conservando-nos em inteira santidade até a volta de Jesus para arrebatar a Sua Igreja, como está escrito assim: “E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo”. 1ª Ts 5:23. Amém. (Pr Djalma Pereira)

3 comentários:

Rafael Martiniano Simões disse...

Glória a Deus!

Djalma Pereira disse...

Obrigado Rafael pelo seu "glória a Deus", pois, só da glória a Deus por Jeus ter nascido em Belém, "quem tem Jesus no seu Coração"!

"Quem tem Jesus tem tudo, quem não tem Jesus no coração não tem nada, aqui e na vida eterna" (1ª Jo 5.9-13

Frateernalmente - Pr Ddjalma

Djalma Pereira disse...

Obrigado Rafael pelo seu "glória a Deus", pois, só da glória a Deus por Jeus ter nascido em Belém, "quem tem Jesus no seu Coração"!

"Quem tem Jesus tem tudo, quem não tem Jesus no coração não tem nada, aqui e na vida eterna" (1ª Jo 5.9-13

Frateernalmente - Pr Ddjalma