terça-feira, 8 de janeiro de 2008

As palavras santo, santos e santificados

Sgnificado das Palavras: santo, santos e santificados

Estudando a Palavra de Deus, verificamos que existem três palavras que explicam o sentido completo da SANTIFICAÇÃO, a saber: SANTO, SANTOS e SANTIFICADOS (no plural), indicando a composição dos santos ou a Igreja, (Ek+Klesia), ou seja, a comunidade dos comprados, lavados pelo sangue de Jesus e tirados do mundo (kosmos) para o serviço sagrado do SARCEDÓCIO SANTO E REAL, enquanto "POVO DE PROPRIEDADE EXCLUSIVA DE DEUS" (1ª. Pe.2:5,9-10; 1ª.Co.1:2; Rm 1:7; Ap. 20.6; 22:11b).

a) A primeira palavra, SANTO, é usada mais de 400 vezes no V. T. e cerca de 12 vezes no N. T. Seu significado é: "Ser separado daquilo que não é Santo", como está escrito no Salmo 1º v.1:"Bem aventurado o varão que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores." Exemplo de Jesus em Heb. 7:26, está escrito assim:"...Com efeito nos convinha um Sumo Sacerdote, como este, Santo inculpável, sem mácula, separado dos pecadores e feito mais alto do que os céus". Note as palavras que explicam a santidade de Cristo: Ele era Santo (separado), imaculado, e separado dos pecadores. Portanto, Jesus é chamado de Santo, não só por ter domínio sobre pecado, mas, porque foi "separado", afastado ou apartado daquilo que não era Santo, do mundo “kosmnos”.

Etimologia da palavra SANTO. Vem do latim "sanctu" que significa essencialmente puro, soberanamente perfeito que indica a santificação pessoal vivenciada diante do mundo como "Sal e Luz" É o testemunho vivo do genuíno cristão. "Esta palavra no A. T. (Antigo Testamento) representa duas palavras hebraicas, significando uma delas PIEDOSO (Prov.2:8) e a outra SEPARADO (Sal.89:5,7; Dan. 7:18.), que no seu equivalente grego no Novo Testamento é adotada com uma designação característica da comunidade cristã. Exemplo: At. 9:13; Rom. 1:7; 1ª.Co. 1:2; 2ª Co.1:1. E, assim, por aquela expressão se indica em primeiro lugar a CHAMADA e ESTADO do crente cristão; e em segundo lugar as qualidades próprias do crente genuíno, as quais derivam de tão alto privilégio". (Dic.Bíb.Univ.de A. R. Buckland -M. A.).

b) A segunda palavra, SANTOS, é usada 62 vezes no N. T. e se refere aos crentes coletivamente, como o corpo de Cristo - a Igreja (Ek+Klesia) -, isto é, os tirados do mundo (kosmos) para formar o corpo de Cristo consagrado ao Seu serviço como sacerdócio santo, conforme está escrito: 1ª Pe 2.5: “Vós também, como pedras vivas, sois edificados casa espiritual e sacerdócio santo, para oferecer sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por Jesus Cristo”. É a palavra mais freqüentemente usada em referência aos filhos de Deus, como em 1ª. Co 6:11. Observemos, ainda, como diz Paulo na primeira carta aos Corintios: 1:2: "À Igreja de Deus que está em Corinto, aos santificados (separados) em Cristo Jesus, chamados para ser santos...".Notemos no texto o que diz: "...chamados para ser santos...", separados do mundo para a Obra de Deus, por isso, não são mais do mundo, mas santos, como disse Jesus:"...Não são do mundo, assim como Eu do mundo não sou..." Jo. 17:16.

c) A terceira palavra SANTIFICADOS , que indica a maneira de ser de todos os santificados no sangue de Jesus diante de Deus Pai e do mundo (kosmos).

Aparece mais de 100 vezes no V. T. e mais de 30 vezes no N. T. O seu significado básico é "separados". Exemplo: Jo 17:19 "... Disse Jesus: - E por eles me santifico a mim mesmo, para que também eles sejam santificados na verdade." Quando Jesus disse: "- Eu me santifico a mim mesmo", Ele estava afirmando ao Pai que se separava a si mesmo para a Obra que tinha a realizar. Santificar aqui quer dizer separar simplesmente, e não progredir em santidade, pois, Jesus como o Filho de Deus não tinha pecado, era Santíssimo no sentido absoluto, não precisava crescer mais em santidade. Apenas Ele se separou do “kosmos” para morrer na Cruz. Esta passagem revela que a palavra "santificado" significa basicamente separado. Assim também, o crente é perfeitamente santificado diante de Deus, porém, como Cristo, precisa se separar do mundo (kosmos) e do domínio do pecado para realizar, em verdadeira consagração, a Obra de Deus.

2 comentários:

Márcio de Aguiar disse...

Santo, nada mais é do que deixar de ser profano e passar a ser religioso, deixar de ser commum e ser especial, no sentido religioso.
Deixar o mundo e viver para Deus.

Márcio de Aguiar disse...

Evidentemente que a palavra santo não quer dizer separado, mas quer dizer que foi ou está separado. Portanto, santo e separado não são sinônimos.