segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

Introdução a doutrina da salvação


Estudaremos, a partir desta lição, uma das mais importantes doutrinas da Igreja: a doutrina da salvação. Os teólogos a chamam de “soteriologia”, que é a parte da teologia que estuda a doutrina da salvação. A expressão soteriologia vem do grego sõteria, que significa “salvar”; “salvador” ou “libertador” encontrada em textos como: Lc.2:11; Ef.1:13; Hb.7:25).

Quase a totalidade dos grupos religiosos atuais, não pregam a certeza de salvação. Alguns sequer cogitam disso, nem crêem na possibilidade da salvação, como os espíritas, por exemplo. Já os católicos romanos pensam que a salvação só é possível com o concurso das obras, e ninguém (senão Deus) pode saber quem é salvo, ou não. Por isso, praticam missas em sufrágio das almas, acrescidas das indulgências, votos e penitências aos santos, na tentativa de “colaborar com Deus” para a salvação de seus entes queridos falecidos.

Entre os evangélicos, há os que defendem a predestinação determinista, isto é, Deus já teria determinado os que serão salvos e perdidos, independetemente de qualquer atitude ou manifestação da vontade deles. Por outro lado, há quem ensine a perda da salvação, ou seja, a salvação estaria condicionada a certos pré-requisitos que, se não cumpridos, sujeitaria ao transgressor à perda da salvação. Há, ainda, os que anunciam o evangelho da prosperidade, do “aqui e agora” e, nem ao menos falam em salvação, estando mais interessados em lucros, domínio, posição eclesiástica e outros assuntos.

A Igreja de Cristo no Brasil crê, à semelhança de grande parte das igrejas evangélicas tradicionais, no que a Palavra de Deus ensina, a qual nos mostra, com absoluta clareza, que se alguém é salvo, está salvo para sempre, conforme Jo.10:27-30; Rm.5:1-2; 8:1-2, 31-39; 1Jo.5:1-13.

Não há como aceitar a perda da salvação, à luz das Escrituras. As decisões e propósitos divinos são imutáveis (Rm.11:29). Deus não está sujeito às incertezas do proceder humano, e tão pouco age diante de méritos humanos.

2 comentários:

Leci disse...

Gostei muito das suas colocações. Que bom que algo tão especial possa ser divulgado on-line. Em Deut.11:11-22,tem um ensino para todos nós.

Djalma Pereira disse...

Obrigado querida irmã Leci.
Lí Deut 11.11-22 e entendi. Acho que estamos debaixo dessa promessa de Deus.
Continue enviando seus ótimos comentários.

No amor de nosso Senhor Jesus Cristo.